Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
O (3) PROFETA JONAS QUERIA FUGIR PARA A ESPANHA? PORQUE ELE TINHA MEDO DE IR PARA NÍNIVE? | Maçãs de Ouro

O (3) PROFETA JONAS QUERIA FUGIR PARA A ESPANHA? PORQUE ELE TINHA MEDO DE IR PARA NÍNIVE?

O PROFETA JONAS QUERIA FUGIR PARA A ESPANHA?  PORQUE ELE TINHA MEDO DE IR PARA NÍNIVE?
Sem qualquer dúvida, como qualquer outro mortal, Jonas “tremia de medo” só de ouvir o nome NÍNIVE. Provavelmente, esse nome era sinônimo de “massacre aos inimigos”. E a mensagem entregue por Deus em suas mãos para ser levada a essa monstruosa cidade era de horripilante acusação :”se não se arrependerem e não se converterem, dentro de quarenta dias serão totalmente destruídos”

Este artigo foi publicado na edição de outono 2003 da Bíblia e Spade.
Nínive, uma cidade sanguinária (Nahum 3:1) (todas as citações bíblicas são da NVI).
Nahum pronuncia: “Ai da cidade sanguinária (de Nínive)” (3:1).  A cidade e o Império Assírio tinham uma reputação merecida por ser sangrento.  Apenas um olhar casual nos relevos dos palácios de Senaqueribe e Assurbanipal mostram a “história sangrenta e horripilante como a conhecemos” (1991:52 Bleibtreu.).  Existem relevos com as pessoas sendo empalados, decapitados, esfolados, e línguas puxadas para fora.  Outros relevos assírios mostram pessoas  moendo os ossos dos seus antepassados mortos, e até mesmo os abutres arrancando os olhos dos mortos!
Um painel mostra graficamente o seu desrespeito pela vida humana.  Sobre ela, um comandante está apresentando uma pulseira a um soldado assírio que tinha decapitado cinco ou seis cabeças aos seus pés.  Há dois escribas atrás dele gravando o evento.  Esta pulseira, talvez uma medalha de valor, vale cinco ou seis vidas!  No pensamento assírios, a vida era barata.

O registro bíblico:
“o Senhor trouxe sobre eles [Judá] os capitães do exército do rei da Assíria, que prenderam Manassés com ganchos, amarraram-no com algemas de bronze, e o levaram para a Babilônia” (2 Cr 33:11).

                                                                    Imagem dos elamitas sendo torturado durante o tempo de AssurbanipalDo palácio de Senaqueribe em Nínive, agora no Museu Britânico.  Os dois elamitas mostrados nesta porção do relevo estão sendo esfolados vivos.

Arrastando alguém com ganchos em seu nariz estaria em acordo com a personalidade de Assurbanipal.  Nas escavações de Sam’al (Zincirli, no sul da Turquia) uma estela foi encontrado representando Esarhaddon segurando duas coleiras ligado ao nariz-rings de Baal de Tiro e Usanahuru, um príncipe do Egito.                                                                                                                                                         Cadáveres dos inimigos assírios (esquerda).  O corpo de cima tem  os olhos sendo arrancados por um abutre, enquanto o corpo principal é decapitado. 

Assírios forçando seus inimigos a moer os ossos de seus ancestrais mortos (direita).I                                      Imagem da queda de Tebas.  Do palácio de Assurbanipal em Nínive, agora no Museu Britânico.
À esquerda do relevo, acima do rio Nilo, estão cativos etíopes  retirados de No-Amon.  Um exame cuidadoso desses cativos revela correntes em seus tornozelos.  Nahum narra o evento.
“ No entanto, ela foi levada, ela foi para o cativeiro … Eles lançaram sorte para ela os homens honrados, e todos os seus grandes homens foram presos em cadeias” (3:10).
Outro exemplo notável do texto bíblico é o grupo de 12 egípcios para o lado direito do relevo aguardando seu destino nas margens do rio Nilo.  Olhe para o grupo e observe três crianças.  Dois estão sentados no burro e outro está no ombro de seu pai.  A minha pergunta é: será que essas crianças sabiam do destino que os aguardava?  As palavras do profeta foram: “Seus filhos jovens também foram despedaçadas à frente de todas as ruas” (3:10
Não está tão longe de nós a época em que a mensagem sobre arrependimento e conversão, que Deus confiou a nós, deva ser entregue ao mundo depravado, cujos agentes inescrupulosos, se preparam para perseguir e destruir os pregadores corajosos.