Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
CUIDADO FRÁGIL – capítulo VII | Maçãs de Ouro

CUIDADO FRÁGIL – capítulo VII

O NAMORO NO PADRÃO DE DEUS

 

Quando a intimidade física se desenvolve antes da intimidade espiritual uma nuvem de culpa aparece entre o casal e entre eles e o Senhor

A unidade é alcançada quando os dois procuram chegar a Deus através das suas vidas pessoais. Quando cada um desenvolve seu relacionamento com Deus, o resultado será maior capacidade de comunicar e melhor comunhão no namoro.

 

PADRÃO DE DEUS

No padrão de Deus, cada pessoa deve procurar suprir as necessidades do outro através  de um relacionamento respeitoso no namoro e noivado e a sua motivação deve ser “outro centralizado” e não auto centralizado.  Quando há um comprometimento aos padrões de Deus, os valores da outra pessoa são prioridade. Isto implica, em se preocupar primordialmente com o bem estar emocional, sentimental e espiritual.

Hoje, infelizmente, até os frequentadores de igrejas (pois não seria admissível para um verdadeiro cristão), sua primeira preocupação está em fazer sexo, deixando para muito depois, o querer saber qual seria o Padrão de Deus para o seu relacionamento.

Esse tipo de comportamento é o PADRÃO DA SOCIEDADE, onde cada pessoa procura suprir seus desejos e necessidades carnais através do relacionamento do namoro e noivado.

O principal objetivo para esse tipo de pessoas, são as intimidades físicas, esquecendo-se que teriam grande lucro se reservasse esses atos para o momento oportuno, dando tempo para conhecer antes de tudo, a vontade de Deus, para que essa união seja abençoada e “até que a morte os separe”.

A verdade é, que, os preceitos mundanos tem desencaminhado aqueles que gostariam de servir a Deus e colocado em seus corações os valores imediatistas de prazer e falsa felicidade.

Não é a toa, que entre os assíduos frequentadores de igrejas, é crescente o numero de casais se separando por “incompatibilidade de gênios”, que poderíamos traduzir como “vontade de servir seus desejos carnais e mundanos, dominados pelo egoísmo”, em detrimento da ”vontade de servir e obedecer a Deus e ao seu cônjuge”.