Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
6f – CASA DE PILATOS – PRETÓRIO | Maçãs de Ouro

6f – CASA DE PILATOS – PRETÓRIO

CASA DE PILATOS – PRETÓRIO

 

O Portão dos Leões é assim chamado por causa dos leões postados na entrada, sendo também conhecida por Portão de Santo Estevão, porque a tradição indica esta localidade como onde Estevão foi martirizado Atos 6. 8  Ora, Estevão, cheio de graça  e  poder,  fazia  prodígios  e grandes sinais entre o povo. 9  Levantaram-se, porém, alguns que eram  da  sinagoga  chamada dos libertos, dos cireneus, dos alexandrinos, dos  da  Cilícia  e  da Ásia, e disputavam com Estêvão; 10  e não podiam resistir à sabedoria  e  ao  Espírito  com  que falava.

 

Portão do Pretório

11 Então subornaram  uns  homens  para  que  dissessem:  Temo-lo ouvido proferir palavras blasfemas contra Moisés e contra Deus.

Estevão cheio do Espírito Santo, corajosamente trouxe naquele dia uma tremenda advertência para o povo e mexeu com as suas emoções Atos 7. 54  Ouvindo eles isto, enfureciam-se em seus corações, e rangiam os dentes contra Estevão. 55  Mas ele, cheio do Espírito Santo, fitando os olhos  no  céu, viu a glória de Deus, e Jesus em pé à direita de Deus, 56  e disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem em pé à direita de Deus. 57  Então eles gritaram com grande voz, taparam  os  ouvidos,  e arremeteram unânimes contra ele 58  e, lançando-o fora da cidade o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas vestes aos pés de um mancebo chamado Saulo. 59  Apedrejavam, pois,  a  Estevão  que  orando,  dizia:  Senhor Jesus, recebe o meu espírito. 60  E pondo-se de joelhos, clamou com  grande voz:  Senhor,  não lhes imputes  este  pecado.  Tendo  dito  isto,  adormeceu.  E  Saulo consentia na sua morte.

 

Arco onde Pilatos apresentou Jesus

Adentrando pelo Portão dos Leões, encontramos uma estreita rua que nos leva ao que tradicionalmente se crê ser o local do Pretório. Existe ali um arco que vai de um lado da rua até o lado oposto. Alguns historiadores contam que foi de cima desse arco-passarela que Pilatos apresentou Jesus à multidão que se apertava na ruela, porque não queriam entrar no Pretório  João 18. 28  Depois  conduziram  Jesus  da  presença  de  Caifás  para  o pretório; era de manhã cedo; e eles não entraram  no  pretório,  para não se contaminarem, mas poderem comer a Páscoa. 29  Então Pilatos saiu a ter com eles, e perguntou: Que acusação trazeis contra este homem? João 19. 1  Nisso, pois, Pilatos tomou a Jesus, e mandou açoitá-lo. 2  E os soldados, tecendo uma  coroa de  espinhos,  puseram-lha sobre a cabeça, e lhe vestiram um manto de púrpura; 3  e  che-gando-se  a  ele,  diziam:  Salve,  rei  dos judeus! e  davam-lhe bofetadas. 4  Então Pilatos saiu outra vez, e disse-lhes: Eis  aqui  vo-lo trago fora, para que saibais que não acho nele crime algum. 5  Saiu, pois, Jesus, trazendo a coroa de espinhos e o manto de púrpura. E disse-lhes Pilatos: Eis o homem!

 

Igreja sobre o local do pátio

Os acontecimentos aqui descritos envolvendo os soldados romanos se desenrolaram em um pátio dentro dos muros ao lado de onde Pilatos sentenciou a Jesus João 19.12  Daí em diante Pilatos  procurava  soltá-lo;  mas  os  judeus clamaram: Se soltares a este, não és amigo de César; todo aquele  que se faz rei é contra César. 13  Pilatos, pois, quando ouviu isto, trouxe Jesus para  fora  e sentou-se no tribunal, no lugar  chamado  Pavimento,  e  em  hebraico Gabatá. 14  Ora, era a preparação da páscoa, e cerca  da  hora  sexta. E disse aos judeus: Eis o vosso rei. 15  Mas eles clamaram: Tira-o! tira-o!  crucifica-o!  Disse-lhes Pilatos: Hei de crucificar o vosso rei?  responderam,  os  principais sacerdotes: Não temos rei, senão César. 16  Então lho entregou para ser crucificado.

Neste lugar existe hoje uma igreja e é aqui, segundo os cristãos ortodoxos, que inicia a

VIA DOLOROSA ou VIA SACRA

É o trecho que recorda o caminho por onde Jesus andou levando a sua cruz, desde a Praça do Julgamento ou Pretório até o Calvário. Segundo a tradição, são      14 estações ao longo dessa rota e cada uma marca um evento que aconteceu na caminhada rumo à crucificação. Duas delas estão no Pretório, sete no percurso e cinco dentro da Igreja do Santo Sepulcro.

A principio, quando da conversão do Imperador Constantino ao cristianismo, que ocorreu de modo interessante, pois durante uma guerra ele teve a visão de uma cruz no céu e a palavra ´´conquista por esta“. Ele desenhou a cruz em suas armas e na de seus comandantes e alcançou grandes vitórias com o símbolo da cruz como estandarte de seu exército, tornando-se ´´o dono“ de um grande império.

 

 

Marco do encontro de Maria e Jesus

Em gratidão, sua mãe Helena recebeu a incumbência de procurar e marcar todos os lugares ´´santos“ da religião cristã. Ao chegar em Jerusalém, fora avisada por uma visão dos locais da crucificação e sepultamento de Jesus e ordenou a construção de capelas sobre os devidos lugares. Mais tarde, em uma gruta logo abaixo do morro da cruz, encontrou a cruz verdadeira. Na era das conquistas dos Cruzados e Templários, realizaram a grandiosa obra ora existente, ou seja, construíram a enorme igreja que cobre toda a área que envolve o Gólgota, a Pedra da Unção e o Santo Sepulcro