Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
6b – O CENÁCULO | Maçãs de Ouro

6b – O CENÁCULO

CENÁCULO

 

Foi  neste local que tudo começou, a caminhada da agonia do Senhor, quando Judas se levantou para traí-lo. Mas também foi aqui que começou a pequena Igreja, mas com o poder forte do Espírito Santo  e foi aqui que aconteceu a última ceia do Senhor Jesus com os seus discípulos.

 

 Cenáculo

Lucas 22. 7  Ora, chegou o dia dos  pães ázimos, em que se devia imolar a páscoa; 8  e Jesus enviou a Pedro  e a João, dizendo: Ide, preparai-nos a páscoa, para que a comamos. 9  Perguntaram-lhe eles: Onde queres que a preparemos? 10  Respondeu-lhes:  Quando  entrardes  na cidade, sair-vos-á ao encontro um homem, levando um cântaro de água; segui-o até a casa  em que ele entrar. 11  E direis ao dono da casa:  O Mestre manda perguntar-te: Onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos? 12  Então ele vos  mostrará  um  grande cenáculo  mobiliado;  aí fazei os preparativos. 13  Foram,  pois,  e acharam tudo como lhes dissera e prepararam a Páscoa. 14  E,  chegada  a  hora,  pôs-se  Jesus  à  mesa,  e com ele os apóstolos. 15  E  disse-lhes:  Tenho  desejado  ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes da minha paixão; 16  pois vos  digo  que não a comerei mais até que ela se cumpra no reino de Deus.

A construção que hoje vemos é de estilo contemporâneo, mas as emoções afloram ao sentirmos o clima do recinto. Aqui o Senhor deu suas últimas instruções antes da crucificação. Logo abaixo, em uma pequena sala, conforme a tradição local, ele lavou os pés dos seus discípulos João 13. 4  levantou-se da ceia, tirou o manto e,  tomando  uma  toalha, cingiu-se. 5  Depois deitou água na bacia e começou a  lavar  os  pés  aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido., para entrarem no salão da ceia, e realmente é uma sala grande, porque foi também neste lugar que 120 pessoas estavam orando, esperando a chegada do Consolador. Atos 1. 4  Estando  com  eles,  ordenou-lhes  que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, a  qual  (disse ele) de mim ouvistes. 5  Porque, na verdade, João batizou em  água,  mas  vós  sereis batizados no Espírito Santo, dentro de poucos dias.

 

No interior do Cenáculo

12  Então   voltaram   para  Jerusalém,  do  monte  chamado  das Oliveiras, que está perto de Jerusalém, à distância da jornada de  um sábado. 13  E, entrando, subiram ao cenáculo, onde permaneciam  Pedro  e João, Tiago e André, Felipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus; Tiago, filho de Alfeu, Simão o Zelote, e Judas, filho de Tiago. 14  Todos estes perseveravam  unanimemente  em  oração,  com  as mulheres, e Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele. 15  Naqueles dias levantou-se Pedro no meio dos irmãos,  sendo o número de pessoas ali reunidas cerca de cento e vinte,o sentimento é que ainda paira no ar o resultado do vento impetuoso que sobreveio naquele dia memorável.

 

Local onde o povo acorreu para ver a manifestação do Pentecostes

Ao sairmos do cenáculo, nova emoção ao depararmos com o local onde o povo acorreu curioso, para ver o alvoroço daqueles incultos homens falando em vários idiomas Atos 2. 1  Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam  todos  reunidos no mesmo lugar. 2  De repente veio do céu  um  ruído,  como  que  de  um  vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados. 3  E lhes apareceram umas línguas como  que  de  fogo,  que  se distribuíam, e sobre cada um deles pousou uma. 4  E todos ficaram cheios do  Espírito  Santo,  e  começaram  a falar  noutras  línguas,   conforme  o  Espírito  lhes  concedia  que falassem. 5  Habitavam então em Jerusalém  judeus,  homens  piedosos,  de todas as nações que há debaixo do céu. 6  Ouvindo-se, pois, aquele ruído,  ajuntou-se  a  multidão;  e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. 7  E todos pasmavam e se admiravam,  dizendo  uns  aos  outros: Pois quê! não são galileus todos esses que estão falando? 8  Como é, pois, que os ouvimos falar cada um na própria língua em que nascemos? 9  Nós, partos,  medos,  e  elamitas;  e  os  que  habitamos  a Mesopotâmia, a Judéia e a Capadócia, o Ponto e a Ásia, 10  a Frígia e a Panfília, o Egito e as partes da Líbia próximas a Cirene, e forasteiros romanos, tanto judeus como prosélitos, 11  cretenses e árabes – ouvímo-los em nossas línguas, falar das grandezas de Deus. 12  E todos  pasmavam  e  estavam  perplexos,  dizendo  uns  aos outros: Que quer dizer isto?

 

Os discípulos participaram da ceia, receberam orientação para uma das maiores ordenanças ministeriais I Corintios 11. 23  Porque eu recebi do Senhor o  que também vos  entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou pão; 24  e, havendo  dado  graças, o  partiu  e  disse:  Isto é o meu corpo que é por vós; fazei isto em memória de mim. 25  Semelhantemente  também,  depois  de  cear, tomou  o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto no meu sangue; fazei isto,  todas as vezes que o beberdes, em memória de mim. 26  Porque todas as vezes  que comerdes deste pão e beberdes  do cálice estareis anunciando a morte do Senhor, até que ele venha. 27  De modo que qualquer que  comer do pão, ou  beber do  cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor. 28  Examine-se, pois, o  homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice. 29  Porque  quem  come  e  bebe, come  e  bebe  para sua própria condenação, se não discernir o corpo do Senhor. 30  Por causa  disto  há  entre  vós muitos fracos e enfermos, e muitos que dormem. 31  Mas,  se  nós  nos  julgássemos  a  nós mesmos, não seríamos julgados; 32  quando,   porém,   somos   julgados   pelo   Senhor,   somos corrigidos, para não sermos condenados com o mundo.

Jesus encerrou a ceia com um hino Marcos 14. 26  E,  tendo  cantado   um   hino,  saíram   para  o  Monte das Oliveiras.

 Lucas 22. 39  Então saiu e, segundo o  seu  costume, foi para o Monte  das Oliveiras; e os discípulos o seguiam. .

João 18. 1  Tendo Jesus dito isto, saiu com seus discípulos para o outro lado do ribeiro de Cedron, onde havia  um  jardim,  e  com  eles  ali entrou.