Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
CRISTÃO LIGHT CRENTE DESNATADO – capítulo IV | Maçãs de Ouro

CRISTÃO LIGHT CRENTE DESNATADO – capítulo IV

ORGULHO

 

Provérbios 18.12 ”antes da ruina o coração do homem se eleva, mas a humildade precede a gloria”

 

O cristianismo ortodoxo, atota em seus dogmas, o conceito da existência de “sete pecados capitais”.

O objetivo não é a discussão da adoção ou não dessa doutrina, apenas queremos fazer referencia à importância dada pela religião tradicional, ao ponto de considerar o orgulho como um dos erros “maiores”.

 

Encontramos a definição a seguir, em um trabalho realizado pela psicóloga abaixo referendada, quando tratava um assunto sobre comportamento de pessoas em uma organização empresarial, e o cuidado com que deve tratar sua soberba:

O ORGULHO: É o brio, a altivez, a soberba. A sensação de que “Eu sou melhor que os outros” por algum motivo. Isto leva a ter uma imagem de si inflada, aumentada, não correspondendo a realidade. Surge com isso a necessidade de aparecer, de ser visto passando inclusive por cima de padrões éticos e vendo os outros colaboradores ou colegas minimizados. Podemos criar a imagem de pavões relacionando-se na empresa o que certamente trás resultados desastrosos. Podemos citar o exemplo de gestores que tomam determinadas decisões por questões de orgulho pessoal ferindo muitas vezes as metas organizacionais, mas com o único objetivo de dar vazão a este sentimento. ( Lúcia G. Monteiro)

 

A Palavra de Deus nos adverte, em todo o seu conteúdo, mostrando de diversas formas e descrições sobre o perigo de cair no emaranhado de suas teias maléficas.

 

Sobretudo, ao nos declararmos cristãos, nossas atitudes devem ser bastante dosadas, pois nunca podemos esquecer que tudo e todas as coisas que temos e participamos, provem do Deus Supremo, dono da terra e céus.

 

Devemos analisar com bastante cuidado alguns tópicos.

 

1 – O cuidado com o orgulho. Um autor do passado deixou registrado o seu parecer a respeito em Prov. 25. 6 Não reclames para ti honra na presença do rei, nem te ponhas no lugar dos grandes;
7 porque melhor é que te digam: Sobe, para aqui; do que seres humilhado perante o príncipe.

Suponho que Jesus conhecia muito bem essa escritura e convergia para o mesmo ponto, porque em uma bela exposição do assunto, deixou claro aos seus discípulos a questão de cada um se colocar em seu lugar e ser reconhecido pelo seu valor particular. Lucas 14. 8 Quando por alguém fores convidado às bodas, não te reclines no primeiro lugar; não aconteça que esteja convidado outro mais digno do que tu;
9 e vindo o que te convidou a ti e a ele, te diga: Dá o lugar a este; e então, com vergonha, tenhas de tomar o último lugar.
10 Mas, quando fores convidado, vai e reclina-te no último lugar, para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, sobe mais para cima. Então terás honra diante de todos os que estiverem contigo à mesa.
11 Porque todo o que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.

 

A lição faz-nos entender que nas atividades a ocuparmos e exercermos, a humildade precede a glória.

 

Isso não quer dizer em qualquer hipótese que a humildade deva ser um sintoma de pessimismo ou desanimo.

Há uma errônea maneira de interpretar a humildade conjugada à pobreza, à miséria, pois muitas vezes ouvimos a frase: “aquela família é muito humilde”. Infelizmente, conhecemos várias pessoas que apesar de sua pobreza e viver na miséria são dominadas pelo orgulho. Por outro lado, temos vários amigos, que possuem bens e riquezas e independentemente, exercitam a humildade. Portanto, ser humilde não mede padrão de vida e quantas vezes, o orgulho pode refletir o tamanho da educação e quiçá, do caráter.

 

2 – Ao decidirmos servir a Cristo, a frase que mais sobressai aos nossos olhos quando lemos as escrituras, é a afirmação do apóstolo Paulo em sua carta aos I Coríntios 10. 33 assim como também eu em tudo procuro agradar a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que sejam salvos. E 11. 1 Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo.

A pessoa em quem devemos espelhar e balizar nossa vivencia, recebeu a seguinte afirmação. Filipenses 2. 3 nada façais por contenda ou por vanglória, mas com humildade cada um considere os outros superiores a si mesmo;
4 não olhe cada um somente para o que é seu, mas cada qual também para o que é dos outros.
5 Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus,
6 o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar,
7 mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens;
8 e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.
9 Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome;
10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.

 

Diante dessa tocante recomendação, nada mais resta que internalizar em nossa alma o entendimento de que nosso exemplo, nosso trabalho, deve ser com humildade, pois se for com orgulho corre o risco de muito em breve, todo o esforço e dedicação de seguir a Jesus, vir a cair por terra.

Sabemos também, que o objetivo é que, nós caminhamos na humildade para que Cristo seja glorificado. Um prémio nos é espera ao vivermos nesse propósito.

Provérbios 22. 4 O galardão da humildade e do temor do Senhor é riquezas, e honra e vida.