Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
RESTAURA MINHA FAMILIA, SENHOR! – capítulo III | Maçãs de Ouro

RESTAURA MINHA FAMILIA, SENHOR! – capítulo III

TRANSFORMANDO AGUA EM VINHO

 

João 2.1 a 10  “Três dias depois,  houve um casamento em Caná da Galiléia, e estava ali a mãe de Jesus; e foi também convidado Jesus  com  seus  discípulos  para  o casamento. E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho. Respondeu-lhes Jesus:  Mulher,  que tenho eu contigo?  Ainda não é chegada a minha hora. Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser. Ora,  estavam  ali  postas  seis  talhas  de  pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três metretas. Ordenou-lhe Jesus: Enchei de água essas talhas. E  encheram- nas até em cima. Então lhes disse: Tirai agora,  e  levai  ao  mestre-sala. E eles o fizeram. Quando  o  mestre-sala  provou  a água tornada em vinho, não sabendo donde era, se bem que o sabiam os serventes que tinham tirado a água, chamou o mestre-sala ao noivo e lhe disse: Todo homem põe primeiro o vinho bom  e,  quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.

 

O acontecimento inédito e que deu inicio ao ministério de Jesus aos seus trinta anos de idade, diga-se de passagem, quando atingiu a maioridade segundo o costume hebraico, causou muita admiração e principalmente ao Mestre Sala, o coordenador da festa.

Sua palavra reflete em síntese, toda a atividade humana. É do feitio do homem oferecer ou apresentar em primeiro lugar o melhor e depois sempre vêm os trabalhos ou apresentações secundárias, com exceção dos teatros e shows.

 

No casamento, de idêntica forma, buscamos sempre em primeiro lugar o melhor. o melhor namorado ou a melhor namorada e em seguida, o melhor companheiro ou a melhor companheira,

Mas, a busca de alguém que lhe seja aquele ou aquela que venha coroar de alegria, prazer e satisfação, para preencher um vazio que incomoda sua alma é porque Deus não fez o ser humano para viver só.

Em Genesis 2.18 Vemos Deus se preocupando com essa situação “Disse  mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja  só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea

 

Veja no texto acima, em destaque, as palavras “ajudadora e idônea”. Portanto, quando o Senhor pensou em colocar alguém ao lado de Adão, não pensou em qualquer coisa ou qualquer uma. Ela teria que ser alguém especial, que viesse lhe ajudar na sua vida e, além disso, alguém de confiança.

 

Por isso, quando uma pessoa alcança uma certa fase em sua vida, inicia “desesperadamente” a procura desse “alguém”, porque chegou o período que deve acontecer uma mudança em sua vida.

 

Embora ciente dessa necessidade, a mudança ou transformação que o homem pensa em realizar, abrange apenas de estado civil. Alguns tentam alcançar algo mais em seu relacionamento, mas na maioria dos casos, o muito que consegue fazer e passar por alguns processos de cursos e aconselhamentos e quase sempre está fadado do fracasso na realização do seu mais acalentado sonho, o de ser feliz no casamento!

 

É claro que não podemos generalizar isso tudo que abordamos até agora, porém a triste constatação é que um numero muito pequeno de casais conseguem alcançar o objetivo de partilhar o “bom vinho” no “final da festa”.

 

A razão de não chegar a usufruir das bênçãos que o casamento pode oferecer está unicamente em não aceitar os propósitos da mudança que Deus quer fazer.

Ele não esconde o Seu desejo em ver os casais tendo sucesso na união. É o que Ele programou desde o inicio, e mostra a cartilha do “Bom Casamento” em Eclesiastes 4.9 a 12 “Melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Pois  se caírem, um levantará o seu companheiro; mas  ai  do que estiver só, pois, caindo, não haverá outro que o levante. Também, se dois dormirem juntos, eles se aquentarão; mas  um só como se aquentará? E,  se  alguém  quiser prevalecer contra  um,  os  dois  lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra com facilidade “

 

O texto inicia um ensinamento de que é sempre melhor estar em dois.

Preste atenção em uma curiosidade dos versos acima.

A palavra “um” é repetida quatro vezes.

“Dois” é citada três vezes.

E a termo “três” é anotado apenas uma vez.

 

O segredo não se encontra na quantidade, mas na qualidade. Vamos refletir um pouco no assunto.

Estar sozinho ou “um” nunca traz vantagens, conforme mostra essa passagem descrita por Salomão “o sábio”, mas nos parece que a solução está na frase “Melhor é serem dois do que um”. Sempre o resultado é melhor quando se encontram “a dois”.

 

Se prestarmos atenção, existe algo que definitivamente nos conduz ao caminho da sabedoria no que se refere ao relacionamento conjugal e também qualquer outro tipo de convivência, quer seja, na vida familiar, profissional, social, etc.

 

O maior dos segredos esta na frase

 

E O CORDAO DE TRES DOBRAS NÃO SE QUEBRA COM FACILIDADE

 

Uma união conjugal ou casamento só estará estabilizado e completo quando Jesus estiver no meio.

 

O que estamos presenciando atualmente nos casais é a busca de um terceiro personagem na aparência. Pode ter tudo de caprichado, bonito e elegante

Pode ter sido amor a primeira vista. Estão buscando a realização em “terceiro” errado. Muitos procuram satisfazer suas necessidades em:

Novelas

Artistas

Amantes

Filhos…

 

Mas por que filhos? Conquanto os filhos deveriam ser bênçãos de Deus, acabam mais tarde se tornando peso. Não precisamos nem nos reportar para os casos de bebês abandonados e jogados no lixo. Basta pensarmos nas crianças de lares evangélicos que estão abandonadas em casa, sem atenção dos pais, sendo cuidadas por babas, as que podem, quando não por programas de TVs, vídeos, filmes, internets, revistas, muitas delas pornográficas, e quantas outras malignidades, que adentram suas vidas, pela omissão de seus “responsáveis”.

 

A palavra “três” se acha apenas e tão somente uma vez nos versículos acima mencionados, entretanto, é a essência do ensinamento.

Faça da sua vida relacional, do seu casamento, da vida a dois, e até mesmo, porque não, da conjunção carnal com seu cônjuge, UM CORDÃO DE TRES DOBRAS, com o Senhor Jesus.

 

Deixe Ele participar de tudo e todas as coisas, decisões, planos, negócios.

Convide-O a ser o terceiro sócio de suas atividades, familiar, social, religiosa.

Você verá que, sem qualquer duvida ou demagogia, O CORDÃO DE TRES DOBRAS NÃO SE QUEBRA COM FACILIDADE .