ORAÇÃO EM TAÇAS DE OURO – a introdução

INTRODUÇÃO

Em todos os tempos, o homem sempre sentiu necessidade de buscar um ser superior para depositar nele seus pesares, preocupações e principalmente seus medos. Medos do desconhecido, dos seres assombrosos, do dia de amanhã, do futuro incerto e por fim, do que virá após sua morte.

A história quer nos ensinar que o homem primitivo procura auxilio em suas necessidades espirituais em coisas que, apesar de naturais, achava sobrenaturais, como o sol, relampagos, trovões, fogo e outros.

A Biblia, entretanto, nos revela que Deus criou o homem e sempre teve a oportunidade de buscar a presença do Deus todo poderoso, criador do céu e da terra, mas, envolvido pelas suas atitudes pecaminosas, criou para si, uma barreira em sua vital comunicação com o seu Senhor.

Apesar dessa imperdoável atitude humana, Deus perdoou  essa insanidade e se colocou sempre à disposição das necessidades de sua criatura, tanto na área espiritual e material.

A forma de nós entrarmos em comunhão com Ele, denominamos de ORAÇÃO. É um ato sem igual e grande importância, tanto que o próprio Senhor Jesus a usava para manter seu fortalecimento.

Coloquemos, pois, a nossa ORAÇÃO EM TAÇAS DE OURO!