Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
3c – JERICÓ – Lugar de suave odor. | Maçãs de Ouro

3c – JERICÓ – Lugar de suave odor.

JERICÓ – Lugar de suave odor.

Um oásis verdejante no Vale do Jordão, ou melhor localizando, no deserto da Judéia.

 

Erikha, a Jericó moderna

Viajando pela extensão do Rio Jordão, a meio caminho da constante descida a partir do Mar da Galiléia em direção ao Mar Morto, adentramos ao deserto da Judéia e seguindo viagem, avistamos ao longe uma cidade estendida sobre um tapete verde, que aos poucos vamos definindo como um oásis com muitas palmeiras. Ela é conhecida como a Cidade das Tâmaras ou Cidade das Palmeiras, Localiza-se cerca de 8 km a oeste do rio, cerca de 13 km a norte do Mar Morto e 24 km a nordeste de Jerusalém em linha reta, na base das montanhas da Judéia, na zona mais alta do Vale do Jordão. Situa-se 250 metros abaixo do nível do mar, mas a 140 metros acima do leito do rio. Possui um clima quase tropical. Por isso crescem ali palmeiras e atualmente também bananeiras. Acredita-se que é a cidade mais antiga do mundo que foi constantemente habitada, tendo mais ou menos 10 mil anos. Antigamente existia ao seu redor extensas plantações de bálsamo, justificando seu nome.

A primeira menção na Bíblia sobre sua existência mostra uma cidade muito bem fortificada e que dominava o Vale do Jordão. Nessa ocasião Josué passando pelas terras de Moabe, acampou com o seu povo na planície ao lado do Jordão e recebeu a grande promessa de Deus. Josué 1. 1  Depois  da  morte de Moisés, servo do Senhor, falou o Senhor a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: 2  Moisés,  meu  servo, é morto; levanta-te pois  agora,  passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos  filhos de Israel. 3  Todo  lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo dei,  como eu disse a Moisés. 4  Desde  o  deserto  e este Líbano, até o grande  rio,  o  rio Eufrates,  toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o  poente do sol, será o vosso termo.  

Jesus passou pela Jericó do Novo Testamento, que se situava a sul e a este da cidade do Velho

Testamento, pelo qual passava a estrada que se dirigia a Jerusalém. Jericó era a cidade natal de Zaqueu, de cuja hospitalidade Jesus gozou

Lucas 19. 1  Tendo Jesus entrado em Jericó, ia atravessando a cidade. 2  Havia  ali  um  homem  chamado  Zaqueu, o qual era  chefe de publicanos e era rico. 3  Este procurava ver  quem  era  Jesus, e não podia, por causa da multidão, porque era de pequena estatura. 4  E  correndo  adiante, subiu  a  um  sicômoro a fim de vê-lo, porque havia de passar por ali. 5  Quando  Jesus  chegou  àquele   lugar,  olhou  para  cima  e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa; porque importa que eu  fique  hoje em tua casa. 6  Desceu, pois, a toda a pressa, e o recebeu com alegria. 7  Ao verem isso, todos  murmuravam, dizendo:  Entrou  para ser hóspede de um homem pecador. 8  Zaqueu,  porém,  levantando-se, disse  ao  Senhor: Eis aqui, Senhor, dou aos pobres metade dos meus bens; e  se  em  alguma  coisa tenho defraudado alguém, eu lho restituo quadruplicado. 9  Disse-lhe  Jesus:  Hoje  veio  a  salvação   a   esta  casa, porquanto também este é filho de Abraão. 10  Porque  o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.

 

Jericó, um oásis no Deserto da Judéia

Foi perto de Jericó que Jesus curou o cego Bartimeu e o seu companheiro Lucas 18. 35  Ora,  quando  ele  ia  chegando a  Jericó,  estava  um  cego sentado junto do caminho, mendigando. 36  Este,  pois,  ouvindo  passar  a multidão, perguntou que era aquilo. 37  Disseram-lhe que Jesus, o nazareno, ia passando. 38  Então ele se  pôs  a  clamar, dizendo: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim! 39  E os  que  iam à frente repreendiam-no, para que se calasse; ele, porém, clamava ainda mais: Filho de Davi, tem compaixão de mim! 40  Parou, pois,  Jesus,  e mandou que lho trouxessem. Tendo ele chegado, perguntou-lhe: 41  Que queres que te faça? Respondeu ele: Senhor, que eu veja. 42  Disse-lhe Jesus: Vê; a tua fé te salvou. 43  Imediatamente   recuperou   a   vista,  e  o  foi  seguindo, glorificando a Deus. E todo o povo, vendo isso, dava louvores a Deus

 

Por que a capa de Jericó?

Quando da posse da Terra Prometida pelo povo de Israel, Deus ordenou a Josué  que nada deveria ser tomado de Jericó por presa, entretanto, houve descumprimento, ocorreu um pecado, o que levou Israel a uma humilhante derrota. Josué 6. 18  Mas  quanto a vós, guardai-vos do anátema, para que,  depois de  o  terdes feito tal, não tomeis dele coisa alguma, e  não  façais anátema o arraial de Israel, e o perturbeis. 19  Contudo, toda  a prata, e o ouro, e os vasos de bronze e  de ferro, são consagrados ao Senhor; irão para o tesouro do Senhor.

Josué 7. 19  Então  disse Josué a Acã: Filho meu, dá, peço-te, glória  ao Senhor Deus de Israel, e faze confissão perante ele. Declara-me agora o que fizeste; não mo ocultes. 20  Respondeu  Acã  a  Josué: Verdadeiramente  pequei  contra  o Senhor Deus de Israel, e eis o que fiz: 21  quando  vi  entre  os despojos uma boa  capa  babilônica,  e duzentos  siclos de prata, e uma cunha de ouro do peso  de  cinqüenta siclos, cobicei-os e tomei-os; eis que estão escondidos na terra,  no meio da minha tenda, e a prata debaixo da capa. 22  Então Josué enviou mensageiros, que foram correndo à  tenda; e eis que tudo estava escondido na sua tenda, estando a prata debaixo da capa.

23  Tomaram,  pois,  aquelas  coisas  do meio  da  tenda,  e  as trouxeram a Josué e a todos os filhos de Israel; e as puseram perante o Senhor. 24  Então  Josué e todo o Israel com ele tomaram Acã,  filho  de Zerá,  e  a  prata, a capa e a cunha de ouro, e seus  filhos  e  suas filhas, e seus bois, jumentos e ovelhas, e a sua tenda, e tudo quanto tinha, e levaram-nos ao vale de Acor. 25  E  disse  Josué: Por que nos perturbaste? hoje o  Senhor  te perturbará a ti: E todo o Israel o apedrejou; queimaram-nos no  fogo, e os apedrejaram:

Poderíamos imaginar que ficou em Jericó um estigma da capa. A capa trouxe derrota, miséria, morte, destruição. Foi assim que Jesus encontrou Bartimeu, o cego, em Jericó enrolado e debaixo de uma capa, vivia sua vida de miséria, pobreza, vergonha e destruição. Para Acâ não houve salvação, nem misericórdia, porque desobedeceu uma ordem expressa, de que tudo deveria ser consagrado ao Senhor. Como prova de que Deus destina para nós o seu olhar de misericórdia, trazendo a salvação na pessoa de seu filho unigênito, Jesus estendeu a ele sua compaixão. A primeira atitude de Bartimeu foi sair debaixo da influência da capa Marcos 10. 50  Nisto, lançando  de si a sua capa, de um salto se levantou e foi ter com Jesus., e que hoje pode representar todos os erros que porventura tenhamos praticado, dos mais graves aos quase imperceptíveis, mas que nos deixam por vezes em situações incomodas, talvez pelo odor fétido da velha capa que nos envolve e por vezes acomodado pelo conforto de seu aconchego. De qualquer forma, precisamos clamar ao Senhor para nos lavar, purificar do pecado e suas influências pelo sangue de Jesus e assim participarmos das glórias celestiais a nós preparadas Apocalipse 22. 1  E mostrou-me o rio da água da vida, claro como cristal,  que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. 2  No meio da sua praça, e de ambos os lados do rio,  estava  a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu  fruto  de  mês  em mês; e as folhas da árvore são para a cura das nações. 3  Ali não haverá jamais maldição. Nela estará o trono de  Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão, 4  e verão a sua face; e nas suas frontes estará o seu nome. 5  E ali não haverá mais noite, e não necessitarão  de  luz  de lâmpada nem de luz do sol,  porque  o  Senhor  Deus  os  alumiará;  e reinarão pelos séculos dos séculos..        

A atual cidade de Jericó, chamada Erîkha, foi fundada no tempo dos Cruzados e situa-se a este da Jericó do Novo Testamento e a sudeste da Jericó do Velho Testamento.

Deserto de Judá