Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
2f – TIBERÍAS – TIBERÍADES | Maçãs de Ouro

2f – TIBERÍAS – TIBERÍADES

TIBERIAS – TIBERIADES

Vale do Jordão visto de Tiberíades

Está situada a 209 metros abaixo do nível do mar, do lado sudoeste do Mar da Galiléia. Muitos dos acontecimentos dos Evangelhos aconteceram nesta região, apesar de ser uma cidade ainda nova na época, pois Herodes Antipas, filho do Herodes, O Grande, a construiu em 20 d.C. em homenagem ao imperador Tibério César. A partir de então, o Mar da Galiléia começou a ser chamado de Mar de Tiberiades, em razão da importância  desta metrópole João 6. 1  Depois  disto  partiu  Jesus  para  o  outro  lado do mar da Galiléia, também chamado de Tiberíades. 2  E seguia-o uma grande multidão, porque  via  os  sinais  que operava sobre os enfermos. 3  Subiu,  pois,  Jesus  ao  monte  e  sentou-se  ali  com seus discípulos. 4  Ora, a páscoa, a festa dos judeus, estava próxima. 5  Então Jesus, levantando os olhos, e  vendo  que  uma  grande multidão vinha ter com ele,  disse a Felipe:  Onde  compraremos  pão, para estes comerem? 6  Mas dizia isto para o experimentar; pois ele bem sabia o que ia fazer. 7  Respondeu-lhe Felipe: Duzentos  denários  de  pão  não  lhes bastam, para que cada um receba um pouco. 8  Ao que lhe disse um dos seus  discípulos,  André,  irmão  de Simão Pedro: 9  Está aqui um rapaz que tem  cinco  pães  de  cevada  e  dois peixinhos; mas que é isto para tantos? 10  Disse Jesus:  Fazei reclinar-se o povo.  Ora,  naquele lugar havia muita relva. Reclinaram-se aí, pois, os  homens  em  número  de quase cinco mil. 11  Jesus,  então,  tomou  os  pães  e,  havendo  dado   graças, repartiu-os pelos que estavam reclinados;  e de igual modo os peixes, quanto eles queriam. 12  E  quando  estavam  saciados,  disse  aos  seus  discípulos: Recolhei os pedaços que sobejaram, para que nada se perca.

13  Recolheram-nos, pois e encheram doze cestos de  pedaços  dos cinco pães de cevada, que sobejaram aos que haviam comido. 14  Vendo, pois, aqueles  homens  o  sinal  que  Jesus  operara, diziam: este é verdadeiramente o profeta que havia de vir ao mundo. 15  Percebendo, pois, Jesus que estavam prestes a vir e  levá-lo à força para o fazerem rei, tornou a retirar-se  para  o  monte,  ele sozinho. 16  Ao cair da tarde, desceram os seus discípulos ao mar; 17  e, entrando num barco,  atravessavam  o  mar  em  direção  a Cafarnaum; enquanto isso, escurecera e Jesus ainda  não  tinha  vindo ter com eles; 18  ademais, o mar se empolava, porque soprava forte vento. 19  Tendo, pois, remado uns vinte e cinco  ou  trinta  estádios, viram a Jesus andando sobre  o  mar  e  aproximando-se  do  barco;  e ficaram atemorizados. 20  Mas ele lhes disse: Sou eu; não temais. 21  Então eles de boa mente o receberam no barco; e logo o barco chegou à terra para onde iam. 22  No dia seguinte, a multidão que ficara no outro lado do mar, sabendo que não houvera ali senão  um  barquinho,  e  que  Jesus  não embarcara nele com seus discípulos, mas que estes tinham ido sós 23  (contudo, outros barquinhos haviam chegado a Tiberíades para perto do lugar onde comeram o pão, havendo o Senhor dado graças);