Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
O sinal de Jonas – capítulo V | Maçãs de Ouro

O sinal de Jonas – capítulo V

SEMEAR E COLHER

 

Mateus 13.3 E falou-lhes muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.
4 e quando semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho, e vieram as aves e comeram.
5 E outra parte caiu em lugares pedregosos, onde não havia muita terra: e logo nasceu, porque não tinha terra profunda;
6 mas, saindo o sol, queimou-se e, por não ter raiz, secou-se.
7 E outra caiu entre espinhos; e os espinhos cresceram e a sufocaram.
8 Mas outra caiu em boa terra, e dava fruto, um a cem, outro a sessenta e outro a trinta por um.”

 

O ministério de Jesus sempre foi recheado de surpresas e palavras que interessavam aos ouvidos do povo. Uma das maneiras para expressar suas mensagens era através de parábolas.

O dicionário  Lello define parábola como uma alegoria, ou, um conto, sob o qual se esconde uma verdade importante.

Mateus 13. 10” E chegando-se a ele os discípulos, perguntaram-lhe: Por que lhes falas por parábolas?
11 Respondeu-lhes Jesus: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;
12 pois ao que tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado.
13 Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e ouvindo, não ouvem nem entendem.
14 E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, e de maneira alguma entendereis; e, vendo, vereis, e de maneira alguma percebereis.
15 Porque o coração deste povo se endureceu, e com os ouvidos ouviram tardamente, e fecharam os olhos, para que não vejam com os olhos, nem ouçam com os ouvidos, nem entendam com o coração, nem se convertam, e eu os cure.
16 Mas bem-aventurados os vossos olhos, porque vêem, e os vossos ouvidos, porque ouvem.”

 

O texto acima revela que somos privilegiados em conhecer as verdades que o Senhor Jesus queria transmitir e nesse caso, podemos conhecer suas ideias  a respeito da LEI DA SEMEADURA

Gálatas 6.7 “Não vos enganeis; Deus não se deixa escarnecer; pois tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
8 Porque quem semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas quem semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.
9 E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.

Na natureza é assim, não tem como semear uma qualidade de planta e esperar frutos de outra. Baseados nisso, podemos analisar o que semeiam as duas personalidades espirituais que se interessam por nós.

 

Jesus semeia vida. João 14. 6 “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”.

O Senhor Jesus é o dono da vida. Aí está a razão de Cristo semear vida, a sua essência é a vida, o seu desejo e dar vida, a finalidade porque veio a ete mundo foi trazer vida.

João 10. 10b “… eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.
11 Eu sou o bom pastor; o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas.”

,

Satanás semeia a morte João 10. 10a “O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; 12 Mas o que é mercenário, e não pastor, de quem não são as ovelhas, vendo vir o lobo, deixa as ovelhas e foge; e o lobo as arrebata e dispersa.
13 Ora, o mercenário foge porque é mercenário, e não se importa com as ovelhas.”

 

O principal objetivo do inimigo de nossas almas é a de ver a destruição. Não consegue ver nada unido ou trazendo prazer e conforto para nós. Seu horrendo futuro já foi determinado e não quer sair como perdedor, nessa sua corrida desesperada antes que chegue o seu fim, busca incessantemente  amealhar almas desapercebidas para engrossar suas fileira, tentando inutilmente formar um batalhão de perdidos com capacidade de enfrentar o exercito vencedor dos Rei dos reis.

Apocalipse 19. 11 “E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava montado nele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga a peleja com justiça.
12 Os seus olhos eram como chama de fogo; sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo.
13 Estava vestido de um manto salpicado de sangue; e o nome pelo qual se chama é o Verbo de Deus.
14 Seguiam-no os exércitos que estão no céu, em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.
15 Da sua boca saía uma espada afiada, para ferir com ela as nações; ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso.
16 No manto, sobre a sua coxa tem escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores.
17 E vi um anjo em pé no sol; e clamou com grande voz, dizendo a todas as aves que voavam pelo meio do céu: Vinde, ajuntai-vos para a grande ceia de Deus,
18 para comerdes carnes de reis, carnes de comandantes, carnes de poderosos, carnes de cavalos e dos que neles montavam, sim, carnes de todos os homens, livres e escravos, pequenos e grandes.
19 E vi a besta, e os reis da terra, e os seus exércitos reunidos para fazerem guerra àquele que estava montado no cavalo, e ao seu exército.
20 E a besta foi presa, e com ela o falso profeta que fizera diante dela os sinais com que enganou os que receberam o sinal da besta e os que adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre
.”

 

Diante dessa pequena exposição a respeito da semeadura de Jesus e de satanás, gostaria de refletir por um momento, no que estamos investindo em nossa vida.

O que estamos semeando para:

O nosso futuro? Qual tem sido a sua preocupação em semear em sua própria vida, no dia de hoje, pensando no que vai colher no futuro? Tem sido palavras, atitudes, pensamentos e sonhos para vida ou para a morte? O que espera alcançar dentro de alguns poucos anos? Será para a gloria de Deus ou para a infelicidade da sua vida?

E o que estamos semeando para o cônjuge? Hoje em dia uma das grandes reclamações no casamento é o comportamento do parceiro. “- Ele ou ela, não tem sido aquele parceiro que eu esperava, não tem trazido a felicidade que eu tanto desejava. Por isso o nosso casamento tem sido um fracasso.”

Acontece que a perspectiva em que esse casamento iniciou estava em base não correta, faltando sabedoria e direção de Deus. Por mais que o casamento tenha sido realizado em uma bela cerimonia religiosa e o ministro tenha proferido palavras belas e magnificas, a estrutura do casal não se firmou na logica do casamento e pelo contrario, se fundamentou em ilusão.

A base correta para o casamento, o que muitos pregadores não conseguem ensinar para os seus discípulos, se baseia na palavra dita pelo apóstolo Paulo em Efésios 5. 24 “Mas, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres o sejam em tudo a seus maridos.
25 Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
26 a fim de a santificar, tendo-a purificado com a lavagem da água, pela palavra,
27 para apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e irrepreensível.
28 Assim devem os maridos amar a suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo.
29 Pois nunca ninguém aborreceu a sua própria carne, antes a nutre e preza, como também Cristo à igreja;”

 

O conceito de que se casa para ser feliz deve ser mudado para “casei-me para fazer o meu cônjuge feliz” e você verá se as coisas não vão mudar de rumo e a sementeira vai germinar e a sua colheita será de “cem por um.”

 

Para os filhos, a semeadura deve ser a mais perfeita possível, pois os frutos rapidamente se evidenciam, a colheita não é nada demorada e reflete no que será a convivência de sua família e o preparo de um futuro homem brilhante que servira para as fileiras do Senhor e trazer benefícios para a sociedade de modo geral.

A semeadura neste caso se faz conforme Deuteronômio 6. 6 “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;
7 e as ensinarás a teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando pelo caminho, ao deitar-te e ao levantar-te.
8 Também as atarás por sinal na tua mão e te serão por frontais entre os teus olhos;
9 e as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas.

Provérbios 22. 6 Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.”

 

E como semear nos companheiros? Recorremos novamente às s[ábias palavras de Paulo em sua instrução à igreja de Éfeso, no capitulo 5. 1 “Sede pois imitadores de Deus, como filhos amados;
2 e andai em amor, como Cristo também vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.
3 Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos,
4 nem baixeza, nem conversa tola, nem gracejos indecentes, coisas essas que não convêm; mas antes ações de graças.
5 Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus.
6 Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.
7 Portanto não sejais participantes com eles;
8 pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz
9 (pois o fruto da luz está em toda a bondade, e justiça e verdade),
10 provando o que é agradável ao Senhor;
11 e não vos associeis às obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as;
12 porque as coisas feitas por eles em oculto, até o dizê-las é vergonhoso.
13 Mas todas estas coisas, sendo condenadas, se manifestam pela luz, pois tudo o que se manifesta é luz.
14 Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará.
15 Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios,
16 usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus.
17 Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.
18 E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito,
19 falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração,
20 sempre dando graças por tudo a Deus, o Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo,”

 

COLHEITA

É claro que já podemos antever a qualidade da colheita. Se a semeadura acontecer obedecendo pelo menos alguns do itens aqui mencionados o resultado é previsto. Podemos ver nas palavras de Jesus o resultado. Mateus 13. 3 “E falou-lhes muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis que o semeador saiu a semear.
4 e quando semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho, e vieram as aves e comeram.
5 E outra parte caiu em lugares pedregosos, onde não havia muita terra: e logo nasceu, porque não tinha terra profunda;
6 mas, saindo o sol, queimou-se e, por não ter raiz, secou-se.
7 E outra caiu entre espinhos; e os espinhos cresceram e a sufocaram.
8 Mas outra caiu em boa terra, e dava fruto, um a cem, outro a sessenta e outro a trinta por um.
9 Quem tem ouvidos, ouça
.”

 

Principalmente quem está no ministério, quem é levita, que serve na casa do Senhor, há necessidade em cuidar com suas semeaduras. Boas palavras, boas atitudes, bons pensamentos, certamente trarão resultados satisfatórios e poderá ser chamado de bem aventurado pelo Mestre. Mateus 25. 14 “Porque é assim como um homem que, ausentando-se do país, chamou os seus servos e lhes entregou os seus bens:
15 a um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade; e seguiu viagem.
16 O que recebera cinco talentos foi imediatamente negociar com eles, e ganhou outros cinco;
17 da mesma sorte, o que recebera dois ganhou outros dois;
18 mas o que recebera um foi e cavou na terra e escondeu o dinheiro do seu senhor.
19 Ora, depois de muito tempo veio o senhor daqueles servos, e fez contas com eles.
20 Então chegando o que recebera cinco talentos, apresentou-lhe outros cinco talentos, dizendo: Senhor, entregaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.
21 Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
22 Chegando também o que recebera dois talentos, disse: Senhor, entregaste-me dois talentos; eis aqui outros dois que ganhei.
23 Disse-lhe o seu senhor: Muito bem, servo bom e fiel; sobre o pouco foste fiel, sobre muito te colocarei; entra no gozo do teu senhor.
24 Chegando por fim o que recebera um talento, disse: Senhor, eu te conhecia, que és um homem duro, que ceifas onde não semeaste, e recolhes onde não joeiraste;
25 e, atemorizado, fui esconder na terra o teu talento; eis aqui tens o que é teu.
26 Ao que lhe respondeu o seu senhor: Servo mau e preguiçoso, sabias que ceifo onde não semeei, e recolho onde não joeirei?
27 Devias então entregar o meu dinheiro aos banqueiros e, vindo eu, tê-lo-ia recebido com juros.
28 Tirai-lhe, pois, o talento e dai ao que tem os dez talentos.
29 Porque a todo o que tem, dar-se-lhe-á, e terá em abundância; mas ao que não tem, até aquilo que tem ser-lhe-á tirado.”