Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
O sinal de Jonas – capítulo I | Maçãs de Ouro

O sinal de Jonas – capítulo I

VIVER PARA DEUS!

Romanos 12:1 e 2

“Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto  racional.

E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

 

 

Desde a criação, Deus fez questão de separar o homem como criatura diferente, suprema, dando inclusive o livre arbítrio para que pudéssemos viver para a sua adoração e louvor do seu nome.

Contudo, o coração do homem fora dominado pela força da cobiça, semente lançada por satanás, e não conseguiu cumprir com os propósitos que Deus havia escolhido para a sua mais elevada criação.

Se o homem tivesse caminhado conforme os desígnios de Deus, sua vida teria sido de completa vitória, sem dores e sem problemas, porque o pecado não haveria de dominar seus desejos. A vontade do coração humano, que poderia ser de grandeza, tornou-se em um instinto dominado pela força maligna.

 

Diante desse fato, o homem não conseguiu seguir pelo caminho da obediência e se opor ao pecado, enveredando nos meandros do erro.

Na primeira ocasião em que foi colocado à prova, não resistiu e caiu, fazendo que toda a raça descendente viesse a viver nessa decadência.

 

O grande amor de Deus, entretanto, nos chama para uma redenção em nossa maneira de viver. Cristo nos oferece uma nova oportunidade para repararmos essa brecha comprometida com a morte. Se deixarmos que o nosso corpo morra em sacrifício vivo, santo e agradável, poderemos ter um novo início. Aquele, que Deus sempre quis; qual seja: viver para Deus, adorá-lo, obedecer-lhe, opor-nos ao pecado, apegar-nos à justiça, resistir e repudiar o mal.

 

Não existe algo que seja maior na vontade de Deus em relação ao futuro do homem, que o de redimir, trazê-lo de volta ao seu regaço e transformá-lo em seu adorador e enchê-lo de sua graça e misericórdia.

É isto que Ele espera de nós, ainda hoje, podemos nos render ao seu chamado e entregando todas nossas preocupações, e pesares, confiar tão somente em seu poder e servi-Lo com todo o nosso coração.

 

Isso seria uma marca preciosa em nossa vida. A marca de um adorador resgatado e redimido pelo sangue de Jesus.

Separado para a glória de Deus Pai