Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
1d – CESAREIA | Maçãs de Ouro

1d – CESAREIA

CESAREIA

 

Saindo de Jope nos encaminhamos para Cesaréia Marítima, distante 60 km, cidade sob direção romana, para onde Pedro se dirigiu após receber a ordem através de uma visão e o centurião Cornélio o esperava ansiosamente e se tornou o primeiro pagão a se converter ao cristianismo. Atos 10. 24  No outro dia entrou em Cesaréia.  E  Cornélio  os  esperava, tendo reunido os seus parentes e amigos mais íntimos.

Nesta localidade morou o Evangelista Felipe, que recebeu Paulo em sua casa, em sua viagem para Jerusalém Atos 24. 8  Partindo no dia seguinte fomos a Cesaréia;  e  entrando  em casa de Felipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. 9  Tinha este quatro filhas virgens que profetizavam.

10  Demorando-nos ali por  muitos  dias  desceu  da  Judéia  um profeta, de nome Agabo; 11  e vindo ter conosco, tomou a cinta de Paulo  e,  ligando  os seus próprios pés e mãos, disse: Isto diz o Espírito Santo: Assim  os judeus ligarão em Jerusalém o homem a quem pertence esta cinta,  e  o entregarão nas mãos dos gentios. 12  Quando ouvimos isto, rogamos-lhe, tanto nós como os  daquele lugar, que não subisse a Jerusalém. 13  Então Paulo respondeu: Que fazeis chorando e magoando-me  o coração? Porque eu estou pronto não só a  ser  ligado,  mas  ainda  a morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus. 14  E, como não se  deixasse  persuadir,  dissemos:  Faça-se  a vontade do Senhor; e calamo-nos

 

Ao longe o porto de Cesaréia

Ruínas de Cesaréia

Esta cidade foi construída por Herodes, o Grande, para servir de porto para o comercio internacional, pois Jope, apesar de ser um porto desde a antiguidade, não possuía profundida- de suficiente para re-ceber os grandes navios da época e qualquer navio de maior calado que trouxesse ou levasse  mercadorias à Judéia, precisava utilizar-se de portos de outros paises. O nome foi dado em homenagem ao imperador de Roma, César Augusto.

 

O que pudemos ver foram os alicerces da grande estrutura do porto, do palácio de verão do governador, do quartel da guarda romana, incluindo os restos da prisão onde provavelmente ficou encarcerado Paulo quando foi levado para Roma como prisioneiro Atos 25.4-5 e Atos 23. 33  os quais, logo que chegaram a Cesaréia e entregaram a  carta ao governador, apresentaram-lhe também Paulo.

Era realmente uma cidade com uma grande estrutura, cultural, comercial e política.

 

Por que Paulo em Cesaréia?

 

Memorial de Pilatos para o César

Local do cárcere de Paulo

Nessa época, Cesaréia era praticamente o centro das decisões, pois ali moravam ou passavam suas temporadas os líderes romanos do alto escalão. Na época de Jesus, Poncio Pilatos morou nesta cidade.  Foi encontrada uma placa lavrada em pedra com seu nome gravado, trata-se da única prova escrita fora dos Evangelhos sobre a existência de Pilatos. Os governadores Felix, Festo e o Rei Agripa passaram por aqui no período que Paulo foi acusado pelos judeus e levado para ser custodiado nesta cidade.

Aqui Paulo apelou à justiça de César.

 

A passagem de Paulo por Cesaréia re-sultou na pregação do evangelho aos grandes do reino. Atos 25. 13  Passados alguns dias, o  rei  Agripa  e  Berenice  vieram  a Cesaréia em visita de saudação a Festo.

 

 

Apelo de Paulo  a Cesar

Paulo testemunhou de Cristo e continuou  Atos 25.23  isto é, como o Cristo devia padecer,  e  como  seria  ele  o primeiro que, pela ressurreição dos mortos, devia anunciar  a  luz  a este povo e também aos gentios. 24  Fazendo ele deste modo a sua defesa,  disse  Festo  em  alta voz: Estás louco, Paulo; as muitas letras te fazem delirar. 25  Mas Paulo disse: Não deliro, ó excelentíssimo  Festo,  antes digo palavras de verdade e de perfeito juízo. 26  Porque o rei, diante de quem falo com liberdade, sabe destas coisas, pois não creio que nada disto lhe é oculto;  porque isto  não se fez em qualquer canto. 27  Crês tu nos profetas, ó rei Agripa? Sei que crês. 28  Disse Agripa a Paulo: Por  pouco  me  persuades  a  fazer-me cristão. 29  Respondeu Paulo: Prouvera a Deus que, ou por  pouco  ou  por muito, não somente tu, mas também todos quantos  hoje  me  ouvem,  se tornassem tais qual eu sou, menos estas cadeias. 

 

 

Indicação do cárcere de Paulo

Depois de uma viagem longa e perigosa Paulo chega a Roma e lá escreveu as chamadas epístolas da prisão: aos efésios, aos filipenses, aos colossenses e a Filemon.

Paulo, o jovem que se assentava aos pés de Gamaliel, o grande mestre dos judeus, transformou-se aos pés de Cristo no grande apóstolo dos gentios e  mestre da Igreja, levando a pequena comunidade de seguidores de Jesus a se tornar em uma religião universal.