Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
O FUTURO É HOJE – capítulo VI – final | Maçãs de Ouro

O FUTURO É HOJE – capítulo VI – final

VOLTA DE JESUS

I Reis 18.36 a 39 “Sucedeu, pois que, sendo já hora de se oferecer o  sacrifício da  tarde,  o  profeta Elias se chegou, e disse: ó  Senhor,  Deus  de Abraão, de Isaque, e de Israel, seja manifestado hoje que tu és  Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme a tua palavra tenho feito todas estas coisas. Responde-me,  ó  Senhor,  responde-me  para  que  este  povo conheça  que  tu, ó Senhor, és Deus, e que tu fizeste  voltar  o  seu coração. Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego. Quando  o povo viu isto, prostraram-se todos com o rosto  em terra e disseram: O senhor é Deus! O Senhor é Deus!”

 

Deus se manifestou incontáveis vezes ao homem e sempre de diferentes formas, mas o ser humano, sempre se esquece com facilidade das bênçãos alcançadas e logo se desvirtua de seus propósitos de adorar o Senhor. Deus conhecendo o coração de sua criatura, infindáveis vezes procurou trazê-lo de volta ao seu regaço a ponto de oferecer em troca o seu bem mais precioso, a vida de seu filho.

Hebreus 1.1 e 2 “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes,  e  de  muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós  nos  falou  pelo  Filho,  a  quem constituiu herdeiro de todas as coisas,  e  por  quem  fez  também  o mundo; “

 

Para que tal se concretizasse Jesus Cristo, o Filho de Deus se fez carne, renunciando sua glória. Filipenses 2.6 a 8 “o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou  o  ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, mas esvaziou-se a  si  mesmo,  tomando  a  forma  de  servo, tornando-se semelhante aos homens; e, achado  na  forma  de  homem,  humilhou-se  a  si  mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.”

 

 

PRIMEIRA VINDA

 

O mundo conhece a história de Sua Primeira Vinda. Embora o sentido hoje tenha sido totalmente desvirtuado pelo interesse comercial. Até em países não cristãos como o caso do Japão, festeja o dia do Natal, que a principio deveria ser em honra ou homenagem ao Filho de Deus. Satanás com suas hostes conseguiram tirar e destruir o verdadeiro sentido do nascimento de Jesus e introduziu em seu lugar a “persona” maligna denominada “papai noel ou sant germain”.

Da mesma forma como muitos sentem o desejo de glorificar o nome do Senhor Jesus, milhares e miríades de seres lutam contra e trabalham para esvaziar as fileiras de seguidores de Cristo.

A maneira mais comum de seus ataques é desacreditar na Vinda do Filho de Deus como Salvador.

Seus veículos de propaganda são diversos, e se utilizam de religiões, seitas, movimentos, congressos, palestras com grandes personalidades, departamentos e secretarias de governos e até igrejas que usam enganosamente o titulo de evangélicas ou cristãs.

Entre seus vários argumentos podemos destacar alguns:

-  negam a divindade de Jesus Cristo.

- afirmam ser Jesus um profeta ou um iluminado.

- Jesus não veio em carne e sangue.

- não aconteceu a ressurreição, mas os discípulos esconderam seu corpo.

 

A verdade é que, queiram ou não, sua divindade, e seu poder de atuação, se mostram incontestável através de vidas que já foram transformadas e retiradas da escuridão para a claridade, das trevas para a luz, e o mundo degradado em promiscuidade, perversidade e pecado, só não se encontra em pior situação devido ao grupo resgatado e regenerado pelo Senhor Jesus Cristo de Nazaré.

 

 

SEGUNDA VINDA

 

O que queremos abordar, entretanto, é algo de grande importância para esse povo lavado e redimido pelo “sangue do cordeiro” e que aguarda um novo acontecimento. Acontecimento esse, que até os opositores sabem muito bem que está prestes a se realizar.

Em seus ensinos, tem divulgado que uma grande nave extraterrestre virá extrair do planeta terra, as pessoas que são contrárias aos dogmas e leis do “novo governo mundial”.

Esse evento temido pelos sectários do anti Cristo é conhecido pelos cristãos como a Volta do Senhor e se encontra registrado com claras palavras em Atos 1.10 e 11 “Estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto ele  subia, eis que junto deles apareceram dois varões vestidos de branco, os quais lhes disseram: Varões galileus, por que  ficais  aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós  foi  elevado  para  o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.”

 

QUANDO VIRÁ

 

Não temos qualquer pretensão em nos estender em escatologia, porém, temos necessidade de analisarmos, mesmo que superficialmente, alguns tópicos que a Palavra nos oferece para anunciar a aproximação do tempo do “Dia do Senhor”.

 

O próprio Senhor Jesus nos deu algumas pistas para esse evento. Lucas 21.29 e 31 “Propôs-lhes  então  uma  parábola:  Olhai para a figueira, e para todas as árvores; quando começam  a  brotar, sabeis por vós mesmos, ao vê-las, que já está próximo o  verão. Assim também vós, quando  virdes  acontecerem  estas coisas, sabei que o reino de Deus está próximo.”

Segundo alguns estudiosos, a “figueira começou a brotar” anunciando a “chegada do reino de Deus” em 14 de maio de 1948, quando o Brasil deu o voto de desempate nas Nações Unidas, aprovando assim a criação do Estado de Israel. Desde então, os judeus têm voltado para a “sua terra” em massa e ali  estão se fixando, em meio aos inimigos, somente pela graça de Deus, o que fortalece ainda mais essa tese. Se assim é, quem sabe se o “Futuro é Hoje”?

 

O apóstolo Paulo, em sua sabedoria e conhecimento recebido de Deus, após fazer uma alusão sobre nós os gentios, chamando-nos de oliveira brava e que fomos enxertados na oliveira verdadeira, o Senhor Jesus, em detrimento aos ramos verdadeiros, os judeus, faz uma declaração sobre o fim do “tempo da graça” estendido ao povo que não pertence a Israel natural. Romanos 11.25  “Porque  não  quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não presumais  de  vós  mesmos):  que  o  endurecimento  veio  em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado;”

Procurando melhor entender essa situação, Deus abriu um parêntese na historia espiritual de Israel, seu povo escolhido. Essa abertura foi para beneficiar com a salvação o povo gentílico, que não era contemplado no Velho Testamento.

Uma vez chegada a plenitude, o ápice, ou, o objetivo final, qual seja, o de alcançar com a salvação o mundo inteiro, chegou o momento da Volta do Senhor, para levar o seu povo para as “Bodas do Cordeiro”, ou ainda, o encontro da Igreja com o seu noivo Jesus Cristo.

 

As Escrituras destacam alguns versículos para esclarecer as nossas mentes, como vemos em I Tessalonicenses 5. 1 a 10 “Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas não  necessitais de que se vos escreva: porque vós mesmos sabeis perfeitamente que o dia  do  Senhor virá como vem o ladrão de noite; pois quando estiverem dizendo: Paz e segurança!  então  lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores  de  parto  àquela  que está grávida; e de modo nenhum escaparão.  Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele  dia, como ladrão, vos surpreenda; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas; não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios. Porque  os  que  dormem,  dormem  de  noite,  e  os  que  se embriagam, embriagam-se de noite; mas nós, porque somos do dia, sejamos sóbrios,  vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e  tendo  por  capacete  a  esperança  da salvação; porque   Deus  não  nos   destinou  para  a  ira,  mas  para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer  durmamos, vivamos juntamente com ele.”

 

Ainda nos adverte para continuarmos anunciando o fato, como estamos fazendo agora, veja o versículo 11 “Pelo que exortai-vos uns aos outros e edificai-vos  uns  aos outros, como na verdade o estais fazendo.”

 

Para que nenhum aviso fique incompleto, o escritor anuncia em I Tessalonicenses

4.13 a 17 “Não queremos, porém, irmãos, que  sejais  ignorantes  acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais como os  outros  que não têm esperança.  Porque, se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, assim também aos que dormem, Deus, mediante Jesus, os tornará a trazer  juntamente com ele. Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor:  que nós,  os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram  em  Cristo ressuscitarão primeiro. Depois  nós,  os  que  ficarmos  vivos  seremos  arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor  nos  ares,  e assim estaremos para sempre com o Senhor.”

 

ESTRATEGIA DE PREPARO PARA ESSE TEMPO

 

Paulo faz referencia ao preparativo comparando-nos ao soldado que se coloca em posição de entrar em guerra. Não podemos deixar de entender que ele está correto na maneira de alertar. Sinta as suas palavras em Efésios 6. 11 a 18 “Revesti-vos  de  toda  a  armadura  de  Deus, para  poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo; pois não é contra carne  e sangue que temos  que  lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta  os  príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes  espirituais  da  iniqüidade nas regiões celestes. Portanto tomai toda a  armadura  de Deus, para  que  possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes. Estai, pois, firmes, tendo  cingidos  os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, e calçando os pés com a preparação do evangelho da paz, tomando, sobretudo, o escudo da  fé,  com  o  qual  podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai  também  o  capacete  da   salvação,  e  a  espada  do Espírito, que é a palavra de Deus; com  toda  a  oração  e  súplica  orando  em  todo  tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando  com  toda  a  perseverança  e súplica, por todos os santos,”

 

Nosso desejo é que todos possamos entoar com toda a convicção o hino que cantávamos antigamente, mas que traz uma convocação para os nossos dias.

 

Eis que surge um povo forte

Revestido de poder

Que não teme nem a morte

Quem a ele pertencer

Pois terá sublime sorte

Pois com Cristo ao céu vai

Podes tu também dizer

Sou um dos tais

Um dos tais, um dos tais

Podes tu também dizer

SOU UM DOS TAIS

 

 

Pois,   O   F U T U R O    É    H O J E!