Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
O FUTURO É HOJE – capítulo V | Maçãs de Ouro

O FUTURO É HOJE – capítulo V

AFINAL, O FINAL SERÁ SEMPRE O MELHOR

 

 

Não dá para imaginar ouvir uma história de trás para frente, não é verdade? Hoje eu gostaria de relatar o caso de um rei, mas veremos a sua vida a partir do final.

Seu nome era muito curioso, pois se chamava ASA, já pensou sua mãe perguntando para as  servas: “-Quem está com Asa?”

 

Bem, para entendermos melhor esta narrativa, voltemos um pouco na história de Israel. O famoso rei Davi conquistou um grande reino e deixou para o sábio Salomão construir o magnífico templo de Jerusalém, com muito ouro e inimaginável quantidade de prata e bronze. Nunca houve um santuário tão rico, e foi construído com materiais preciosos guardados durante a vida do rei Davi.

 

EM QUEM CONFIAR?

II Crônicas 16:1-3 “No  trigésimo  sexto ano do reinado de Asa,  Baasa,  rei  de Israel, subiu contra Judá e edificou a Ramá, para não deixar  ninguém sair nem entrar para Asa, rei de Judá. Então  Asa  tirou a prata e o ouro dos tesouros da  casa  do Senhor, e da casa do rei, e enviou mensageiros a Bene-Hadade, rei  da Síria, que habitava em Damasco, dizendo: Haja  aliança entre mim e ti, como havia entre meu pai  e  o teu. Eis que te envio prata e ouro; vai, pois, e rompe a sua  aliança com Baasa, rei de Israel, para que se retire de mim.”

 

Agora, o rei Asa está despojando o maravilhoso templo, arrancando seus ouros e bronzes para pagar os serviços de um exército mercenário e se defender de seu vizinho  inimigo.

Hoje também acontece com muitas pessoas, estão perdendo o seu tesouro para entrar em luta contra algo que ataca a sua vida, seja financeiro, saúde, família e até a vida espiritual. Seus gastos estão sendo canalizados para o inimigo de Deus, perde tudo e corre o risco de perder a sua própria alma por estar confiando seus negócios em pessoas ou coisas e tem se esquecido de Deus, conforme podemos ver nos procedimentos do rei Asa.

II Crônicas. 16:7-9 “Naquele mesmo tempo veio Hanâni, o vidente, ter com Asa, rei de  Judá,  e  lhe  disse: Porque confiaste no rei  da  Síria,  e  não confiaste  no  Senhor teu Deus, por isso o exército do rei  da  Síria escapou da tua mão. Porventura  não  foram  os etíopes e  os  líbios  um  grande exército,  com muitíssimos carros e cavaleiros? Confiando tu,  porém, no Senhor, ele os entregou nas mãos. Porque,  quanto  ao  Senhor, seus olhos passam  por  toda  a terra, para mostrar-se forte a favor daqueles cujo coração é perfeito para  com ele; nisto procedeste loucamente, pois desde  agora  haverá guerras contra ti”.

 

Estamos vendo um grande erro cometido por Asa, perdeu seus tesouros e confiou em quem não devia e Deus o está cobrando por isso e com razão, pois algum tempo atrás, confiando em Deus, vencera com 500 mil soldados um exercito de um milhão.

Hoje, a pergunta para você é: “em quem ou onde está a sua confiança, em alguém importante? Em bancos? Em agiotas?

Muitas vezes deixamos de cumprir nosso compromisso com Deus e corremos atrás de soluções mágicas, deixamos de devolver o dízimo e fazemos campanha de prosperidade, não que a campanha não tenha os seus efeitos e até grandiosos, mas primeiro fechemos a brecha, abandonemos os nossos erros, confessemos os nossos pecados, pois o nosso Deus está aí para dar vitórias aos que andam corretamente com Ele.

Sabe, existem conseqüências quando não andamos corretamente com Deus:

II Crônicas 16.12-13 “No ano trinta e nove do seu reinado Asa caiu doente dos pés; e era mui grave a sua enfermidade; e nem mesmo na enfermidade  buscou ao Senhor, mas aos médicos  E Asa dormiu com seus pais, morrendo no ano quarenta e um do seu reinado.”

 

Uma vez que deixamos de confiar no Senhor, embrenhamos por outros caminhos com resultados funestos.

 

QUANDO A CONFIANÇA ESTÁ EM DEUS

Neste momento, vamos ver o início da história da vida do rei Asa.

II Crônicas 14: 1-5 “Abias  dormiu  com seus pais, e o sepultaram  na  cidade  de Davi.  E Asa, seu filho, reinou em seu lugar; nos seus dias  a  terra esteve em paz por dez anos. E Asa fez o que era bom e reto aos olhos do Senhor seu Deus; removeu  os  altares  estranhos,  e  os  altos,  quebrou  as colunas, cortou os aserins, e mandou a Judá que buscasse ao Senhor, Deus de seus pais, e que observasse a lei e o mandamento. Também  removeu  de todas as cidades de Judá os altos  e  os altares de incenso; e sob ele o reino esteve em paz.”

 

Que maravilha é a vida de um homem que anda com Deus, ele sabe o que deve fazer e tudo o que faz dá certo e ali reina a paz e tem ainda algumas qualidades:

 

1 – É vigilante, é prevenido, se cuida enquanto não há lutas:

II Crônicas 14.6 “Edificou cidades fortificadas em Judá; porque a terra estava em  paz,  e não havia guerra contra ele naqueles  anos,  porquanto  o Senhor lhe dera repouso”

 

2- É diligente, busca ao Senhor e tem paz e prosperidade:

IICronicas 14.7 “Disse,   pois,   a  Judá:   Edifiquemos  estas   cidades,  e cerquemo-las  de  muros e torres, portas e ferrolhos; a  terra  ainda é nossa  porque buscamos ao Senhor nosso Deus; nós o buscamos, e  ele nos deu repouso de todos os lados. Edificaram, pois, e prosperaram.”

 

3- É protegido, cercado por homens valentes que o auxiliam e Deus coloca ao seu redor seus anjos guerreiros: IICronicas 14.8 “Ora, tinha Asa um exército de trezentos mil homens de  Judá, que traziam pavês e lança; e duzentos e oitenta mil de Benjamim,  que traziam escudo e atiravam com arco; todos estes eram homens valentes.”

 

4 – É vencedor, ou seja, Deus vence as suas batalhas por mais difíceis que sejam:

IICronicas 14.9-12 “E  Zerá, o etíope, saiu contra eles, com um exército  de  um milhão de homens, e trezentos carros, e chegou até Maressa. Então Asa saiu contra ele, e ordenaram a batalha no vale  de Zefatá, junto a Maressa. E  Asa  clamou ao Senhor seu Deus, dizendo: ó  Senhor,  nada para ti é ajudar, quer o poderoso quer o de nenhuma força. Acuda-nos, pois,  o  Senhor nosso Deus, porque em ti confiamos, e  no  teu  nome viemos  contra  esta  multidão.  ó Senhor,  tu  és  nosso  Deus,  não prevaleça contra ti o homem. E  o Senhor desbaratou os etíopes diante de Asa e diante  de Judá; e os etíopes fugiram.”

 

COMEÇAR OU FINALIZAR, EIS A QUESTÃO.

Não é agradável unir estas duas partes, principalmente agora que conhecemos o fim trágico do nosso personagem. Entretanto, muitas vezes ocorre conosco, iniciamos muito bem a nossa carreira com Jesus e algum tempo depois nos esfriamos do primeiro amor conforme descrito em Apocalipse 2:4 “Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.”

 

Mesmo os desportistas não descuidam do final, podem até começar meio devagar, mas se cuidam com o final. Entrar na reta final para a vitória é o que conta, não vamos nos descuidar, não deixemos brechas para o inimigo atuar, isso traz derrota, perdendo a comunhão com Deus.

O rei Asa tinha tudo para ser o maior rei de Israel ou até mesmo do mundo, tropeçou na negligência e caiu.

 

Jesus pagou um alto preço na cruz do Calvário para você ser o maior vencedor de todos os tempos e ganhar a vida eterna.

Afinal, vai até a final com Ele?