Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
O FUTURO É HOJE – capítulo II | Maçãs de Ouro

O FUTURO É HOJE – capítulo II

AS DUAS CIDADES

 

 

Mateus 24.11-14 “Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos;  e, por  se  multiplicar  a  iniqüidade,  o  amor  de  muitos esfriará.  Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.  E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro,  em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.”

 

Havia duas cidades no Velho Testamento. Elas são conhecidas ate os dias de hoje, não só pelos estudiosos da Bíblia, mas também por todos os estudiosos da Historia Universal.

Elas eram SODOMA E GOMORRA.

Duas pacatas cidades da antiguidade, sua população vivia despreocupada, mas sem ajustes. Tão despreocupada, que não percebiam a sua devassidão. Sua situação está descrita em Genesis 18 e 19.

Os homens e mulheres se sentiam muito a vontade em seus desejos, nada os impedia a tomar as decisões que lhe vinham à mente. Seus desejos irreprimidos se esbanjavam em todos os sentidos, nada lhes servia de limite.

As preocupações principais eram a prosperidade e o prazer da alma.

Embora Paulo tenha escrito para um povo da nossa geração, impressionam-nos sua s palavras que cabiam tão bem para a situação de Sodoma e Gomorra. Romanos 1.18 a 32 “18  Pois  do  céu  é  revelada  a  ira  de  Deus  contra  toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça. Porquanto,  o  que  de  Deus  se  pode  conhecer,  neles  se manifesta, porque Deus lho manifestou.  Pois  os  seus  atributos  invisíveis, o  seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde  a  criação  do  mundo,  sendo percebidos  mediante  as  coisas  criadas,  de  modo  que  eles   são inescusáveis;  porquanto,  tendo   conhecido   a   Deus,   contudo   não  o glorificaram  como  Deus,  nem  lhe  deram  graças,  antes  nas  suas especulações  se  desvaneceram,  e  o  seu   coração   insensato   se obscureceu.  Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,  e  mudaram  a  glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e  de  aves,  e  de  quadrúpedes,  e  de répteis. Por  isso  Deus  os  entregou, nas  concupiscências  de seus corações, à imundícia, para serem os  seus  corpos  desonrados  entre si;  pois  trocaram a verdade  de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito  eternamente. Amém.

Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque  até  as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente,  também  os  varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a  devida recompensa do seu erro. E assim como  eles  rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou  a  um  sentimento  depravado, para  fazerem coisas que não convêm; estando  cheios  de   toda  a  injustiça,  malícia,  cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio,  contenda,  dolo,  malignidade; sendo  murmuradores,  detratores,  aborrecedores  de   Deus, injuriadores,   soberbos,   presunçosos,   inventores    de    males, desobedientes ao pais; néscios,  infiéis  nos  contratos, sem  afeição natural, sem misericórdia; os quais, conhecendo  bem  o  decreto  de Deus, que  declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não  somente  as  fazem, mas também aprovam os  que as praticam”.

Estavam em toda a sua plenitude de prazeres e luxuria, mas não sabiam do fim trágico que os esperava. Não tiveram tempo para se arrependerem e se consertarem. Eis que sobreveio fogo e enxofre, destruindo totalmente Sodoma e Gomorra, transformando-as em uma planície de sal e enxofre, ao sul do Mar Morto em Israel.

Estivemos na proximidade, tudo é sal e deserto. Os sinais da destruição se conservam até os dias de hoje. Não foram avisados, mas sofreram a destruição.

 

 

 

Já na era cristã, em 79 d.C., existiam duas cidades, HERCULANUM E POMPEIA.

Onde atualmente se localiza o pais denominado Itália, comportava estas aglomerações, que viviam seus dias de tranqüilidade e progresso. Nada de extraordinário em suas existências, nada que as pudessem colocar como cidades exemplares para o mundo de então, a não ser pelo fato de que servia de lugar de recreio de alguns ricos romanos.

Seus habitantes também eram pessoas comuns que se dedicavam aos seus labores, preocupados com sua subsistência.

Aquele dia seria mais um dia no cotidiano daquela população. Donas de casa preparando seus pães e refeições, homens trabalhando o campo e meninos cuidando do rebanho. Tudo na paz, tudo normal.

Até que a natureza resolveu acordar o Monte Vesúvio, soltando seu estrondo e milhares de milhares de toneladas de lágrimas em forma de lavas ardentes, escorrendo pelas suas encostas, engolfando Herculano e Pompéia com todos os seus arredores, tarefas, trabalhos, sonhos e acalentos.

Não foram avisados da destruição, não sabiam que tal tragédia os esperava. Aconteceu!

Quase dois mil anos após, arqueólogos escavaram o local das duas cidades. Encontraram cenas de horripilante tristeza.. esqueletos de pessoas em fuga desesperada, outros com seus instrumentos de trabalho em suas mãos, ainda outros deitados em suas camas. Cozinheiras com seus apetrechos  e caídas ao lado do fogão. Cidades cobertas pela lama do vulcão e com suas vidas encerradas em pouco minuto. Sem aviso, sem preparo.

 

 

 

Eram duas cidades no Japão, durante a Segunda Grande Guerra Mundial, na década de 1940. eram elas HIROSHIMA E NAGASAKI.

Os japoneses viviam dias de orgulho, pelo seu poderio bélico, e estratégico, que antes já havia derrubado e dominado a maioria dos países ao seu redor, incluindo China, Coréia e ameaçado a Rússia, de quem havia conseguido usurpar a grande ilha de Hokkaido.

Engrandecidos pela teimosia, chegaram a um envolvimento impossível de voltar atrás, e se lançaram ao extremo. Constituíram e fizeram uso de extremistas “kamikazes” que no afã de patriotismo entregaram suas próprias vidas em favor da já combalida nação e atacaram as forças americanas em Pear Harbor, dizimando a tropa ali estacionada. Os EUA usaram a força da até então desconhecida “bomba atômica” arrasando Hiroshima e Nagasaki. Nada sobrou. Pela primeira vez na historia da humanidade, se provou a destruição da força nuclear.

A população não esperava, não imaginava que haveria um tão repentino e pavoroso desenlace. Materiais e pessoas se volatizaram, pedras e cacos de telhas que sobraram ficaram torrados tal qual “pururuca”. Os habitantes foram pegos de surpresa, não sabiam, não foram avisados. Foram exterminados sem ter qualquer conhecimento.

 

 

Onze de setembro de 2001.

Eram duas “cidades” no centro de Nova York, nos Estados Unidos.

Eram chamadas de Word Trade Center ou Centro de Negócios do Mundo. Milhares de pessoas circulando pelos seus corredores. População inteira em seus afazeres, nas salas de suas centenas de andares.

Num repente, tudo vem abaixo por conta de ataques suicidas terroristas. Os moradores, trabalhadores e visitantes morreram sem receber qualquer aviso. Em poucos minutos o que era belo se desfez,  o que era grandioso virou pó.

Sem anuncio. Não tiveram tempo para se prepararem para o fim.

 

 

Tragicamente, todos habitantes de todas as cidades citadas tiveram um fim comum, foram pegas de surpresa – ninguém esperava o fim.

 

Entretanto, um anuncio corre por todo o mundo. O aviso está sendo incessantemente levado para todos os rincões. De todas as formas, de todas as maneiras, por todos os meios e em todas as horas.

 

JESUS CRISTO VOLTARÁ!

 

MESMO COM tantos pregadores, grande parte do mundo “faz de conta” que não ouve e não consegue dar atenção.

Paulo já prenunciava tal coisa: II Timóteo 4.2-4 “prega a palavra, insta a tempo e fora  de  tempo,  admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina;  mas, tendo grande desejo de ouvir coisas  agradáveis,  ajuntarão  para  si mestres segundo os seus próprios desejos, e não só desviarão os ouvidos da verdade, mas se voltarão às fábulas”.

Serão pegos de surpresa na volta de Jesus.

 

Mesmo no meio chamado cristão existem muitos falsos profetas, pregando o que é agradável aos ouvidos e não ensinam a verdade sobre Cristo e sua volta. São armas que o inimigo tem usado para desviar o seu povo do Caminho.

Além disso, faltam pregadores da Palavra compromissados com Deus.

 

Hoje, o islamismo, a religião muçulmana é a religião que mais cresce no mundo, existem espiões nas escolas missionárias cristãs para sabotar o reino de Cristo e estão aproveitando das tragédias, ou melhor, estão provocando grandes tragédias pelo mundo para invadir com suas filosofias

As religiões orientais – hindus, hare krishina, ioga, budismo, espiritismo, messiânica, seicho-no-ie, etc., tem conquistados as mentes incautas.

No Japão existe uma mistura tríplice? Xintoísmo, budismo e confucionismo que com suas meias-verdades dominam as almas sequiosas pelo Deus verdadeiro. Eles têm um altar em cada esquina, em cada entrada nas montanhas, mas não tem pessoas para pregar a palavra de Cristo.

-tem uma maquina de servir bebidas em cada local movimentado, mas não tem a videira verdadeira.

- tem milhares de ótimos restaurantes com comidas típicas, mas não tem o pão da vida.

- tem grande tecnologia, mas não tem o conhecimento da palavra de Deus

- tem abundancia de alimentos, mas morrem de fome espiritual.

- tem grandes negócios, mas não tem o caminho da verdade e a vida

Mas nos sabemos o que esta por acontecer, o Senhor Jesus nos avisa em Mateus 24. 34-51 “Em verdade vos digo que não passará  esta  geração  sem  que todas essas coisas se cumpram. Passará o céu e a  terra,  mas  as  minhas  palavras  jamais passarão. Daquele dia e hora,  porém,  ninguém  sabe,  nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai. Pois como foi dito nos dias de  Noé,  assim  será  também  a vinda do Filho do homem. Porquanto,  assim  como  nos  dias  anteriores  ao  dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca,  e não o  perceberam,  até que veio o  dilúvio,  e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem. Então, estando dois  homens  no  campo,  será  levado  um  e deixado outro;  estando duas mulheres a trabalhar no moinho, será levada uma e deixada a outra. Vigiai, pois, porque não sabeis  em  que  dia  vem  o  vosso Senhor;  sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não  deixaria  minar a sua casa. Por isso ficai também vós  apercebidos;  porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem. Quem é, pois, o  servo  fiel  e  prudente, que o  senhor pôs sobre os seus serviçais, para a tempo dar-lhes o sustento? Bem-aventurado aquele servo a  quem  o  seu  senhor,  quando vier, achar assim fazendo  Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. Mas se aquele outro, o mau servo, disser no seu coração: Meu senhor tarda em vir, e começar a espancar  os  seus  conservos, e a comer e beber com os ébrios,  virá o senhor daquele servo,  num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe,  e cortá-lo-á pelo meio, e  lhe  dará  a  sua  parte  com  os hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes”.

 

Ele não quer nos pegar de surpresa.

 

Você ainda não tem Cristo, aceite-O hoje, agora para não ser pego desprevenido.

 

Você que já tem Cristo, esteja sempre preparado e viva cada dia como se fosse o último dia antes do arrebatamento.

 

O aviso já foi dado!

 

O FUTURO É HOJE!