Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include(includes/creativeimageslider_widget.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45

Warning: include() [function.include]: Failed opening 'includes/creativeimageslider_widget.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/lambz/public_html/macasdeouro.com/wp-content/plugins/creative-image-slider/creativeimageslider.php on line 45
O AMANHÃ TEM NOME, APOCALIPSE – capítulo VI | Maçãs de Ouro

O AMANHÃ TEM NOME, APOCALIPSE – capítulo VI

AS BODAS DO CORDEIRO

 

Apocalipse 19. 1  Depois destas coisas, ouvi no céu como que uma grande voz de uma imensa multidão, que dizia: Aleluia! A salvação e a  glória  e  o poder pertencem ao nosso Deus;

2  porque verdadeiros e justos são os seus juízos, pois  julgou a  grande  prostituta,  que  havia  corrompido  a  terra  com  a  sua prostituição, e das mãos dela vingou o sangue dos seus servos.

3  E outra vez disseram: Aleluia. E a fumaça  dela  sobe  pelos séculos dos séculos.

4  Então os vinte e quatro anciãos e os quatro  seres  viventes prostraram-se e adoraram a Deus que está assentado no trono, dizendo: Amém. Aleluia!

5  E saiu do trono uma voz, dizendo: Louvai o nosso Deus,  vós, todos os seus servos,  e  vós  que  o  temeis,  assim  pequenos  como grandes.

6  Também ouvi uma voz como a de grande multidão, como a voz de muitas águas, e como a voz de fortes  trovões,  que  dizia:  Aleluia! porque já reina o Senhor nosso Deus, o Todo-Poderoso.

7  Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe  a  glória;  porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se preparou,

8  e foi-lhe permitido vestir-se de linho fino,  resplandecente e puro; pois o linho fino são as obras justas dos santos.

9  E  disse-me:  Escreve:   Bem-aventurados   aqueles  que  são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. Disse-me ainda: Estas  são  as verdadeiras palavras de Deus.

 

Os que subirem com Cristo no Arrebatamento, terão uma recepção especial, lá onde o Senhor Jesus prometeu que iria preparar lugar. O acontecimento será o que é chamado de “Bodas do Cordeirto”, ou traduzindo, o casamento ou a união do Filho de Deus com a sua noiva, a Igreja, que congrega todos os que deixando seus interesses particulares, seguiram os passos do Mestre e foram lavados e purificados de seus pecados pelo “sangue do  Cordeiro”, ou seja, pelo sacrifício de sua morte e o derramamento de seu sangue na cruz do Calvário.

 

Jesus usou de uma parábola, ou de um conto do cotidiano para exemplificar algo real e verdadeiro.

Mateus 22. 1 Então Jesus tornou a falar-lhes por parábolas, dizendo:
2 O reino dos céus é semelhante a um rei que celebrou as bodas de seu filho.
3 Enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram vir.
4 Depois enviou outros servos, ordenando: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado; os meus bois e cevados já estão mortos, e tudo está pronto; vinde às bodas.
5 Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio;
6 e os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram.
7 Mas o rei encolerizou-se; e enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade.
8 Então disse aos seus servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.
9 Ide, pois, pelas encruzilhadas dos caminhos, e a quantos encontrardes, convidai-os para as bodas.
10 E saíram aqueles servos pelos caminhos, e ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e encheu-se de convivas a sala nupcial.
11 Mas, quando o rei entrou para ver os convivas, viu ali um homem que não trajava veste nupcial;
12 e perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui, sem teres veste nupcial? Ele, porém, emudeceu.
13 Ordenou então o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes.
14 Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.